segunda-feira, janeiro 16, 2006

Casos de Preocupação Nacional ou O Avanço da Barbárie



Militar da GNR ferido com um tiro de caçadeira.
O militar cumpria um mandado de busca para recolher provas relacionadas com furtos em veículos e residências. O suspeito destes furtos é filho do homem que feriu o soldado da GNR.

Será isto fruto do progresso ou antes um avanço da barbárie, provocado por uma cada vez maior desigualdade social, no país mais atrasado económicamente, da Europa a 15. O mesmo país onde a BMW e a Porche, registaram em 2005, os maiores aumentos percentuais de vendas, nessa mesma Europa. Ou estamos a assistir realmente à descivilização, que a Musikata referiu no artigo "Casos de Tristeza Nacional IV", citando Timothy Garton Ash (especialista em História Contemporânea) ?

4 comentários:

O Bicho disse...

Neste caso, o motivo principal foi a falta de informação ou formação da autoridade, não sei qual.
Alguém DEVIA TER FORMADO OU INFORMADO o agente para se acautelar, porque iria lidar com um indivíduo potencialmente PERIGOSO.
O que me leva a pensar que a autoridade só teve conhecimento dos antecedentes criminosos do indivíduo, quando já era tarde.

O Bicho disse...

O pior disto tudo:
quem se vai lixar, com esta falta de preparação das polícias em geral, acaba por ser o vulgar cidadão - é sempre o mexilhão.
Porque um dia destes os GNR's adoptam uma atitude de defesa extrema e passam a actuar INDISCRIMINADAMENTE de forma repressiva desmesurada face a TODA e QUALQUER SITUAÇÃO IMPREVISTA.

obicho disse...

SIMPLESMENTE LAMENTÁVEL!

Anónimo disse...

Portugal é um país de brandos costumes...
Quem teria proferido esta frase?

Seve