sábado, março 31, 2007

2 - Embromação

1 - Tartufismo

Primeira auditoria do género
TC arrasa gastos do Governo

É a primeira auditoria do género efectuada pelo TC e uma das mais violentas em termos de conclusões, estando a causar uma grande tensão com o actual Governo.
O TC analisou as despesas, as contratações e a gestão de 205 gabinetes (entre Ministérios e Secretarias de Estado), dos Governos de Durão Barroso (2003), Santana Lopes (2004) e José Sócrates (2005).
A despesa global movimentada ascende a 12,8 mil milhões de euros – o equivalente a dois défices públicos ou a quatro aeroportos como a Ota.

“Façam o que eu digo e não o que eu faço”.

sexta-feira, março 30, 2007

Sinais - XXVIII - Os "Novos Presos Políticos"

Alguns militares estão a ser acusados de: “ter participado fardados, numa manifestação que visava contestar as medidas do Governo relativas às forças armadas”. Assim sendo, trata-se de uma acusação política, o que faz dos castigados “presos políticos”.
Isto está a acontecer em Portugal quase 33 anos após o 25 de Abril de 1974.

"A Bem da Nação!"

quinta-feira, março 29, 2007

Cenas ... - XXXVII - “FÜHRER PRINZIP”

Da Acusação (excerto)

1. No presente caso o arguido é acusado por “no dia 23 de Novembro de 2006, ao fim da tarde na Baixa de Lisboa, o Arguido, Militar dos Quadros Permanentes em serviço efectivo, participou fardado numa manifestação de militares intitulada Passeio do nosso descontentamento, com o objectivo de protestar contra a política do governo relativa aos militares”.
2. A acusação é enquadrada pela consideração de que o arguido tomou parte numa manifestação colectiva atentatória da disciplina militar, ter posto em risco a coesão e a disciplina das Forças Armadas e ter desobedecido à determinação do Governo Civil de Lisboa.
Da Defesa (excerto)

7. Acresce que para que um facto seja considerado como tendo infringido a disciplina militar, não basta a sua invocação por entidade militar, por muito importante, sábia ou douta. Antes sim, torna-se sempre necessário demonstrar por que modo concreto o facto praticado infringe a disciplina militar e no caso dos autos, tal demonstração não se encontra minimamente efectuada.
8. A não ser assim, regressava-se ao “FÜHRER PRINZIP”, há muito postergado pela doutrina e jurisprudência dos países democráticos, segundo o qual a obediência e a classificação dos factos e situações não é feita de acordo com os pressupostos da lei, mas de acordo com o “diktat” ou ordem ou parecer do chefe.

quarta-feira, março 28, 2007

Ironias - CXII - Tudo Bons Rapazes

Indemnização milionária

Antigo quadro da Galp recebeu cerca de meio milhão de euros e agora vai ser gestor na Ren.
O gestor deve ser um dos nomeados na Assembleia-geral de quarta-feira da empresa estatal. Rui Cartaxo saiu da Galp quando faltava um ano para terminar o respectivo mandato.
A situação é considerada normal pelo Ministério das Finanças, porque não envolve duas empresas públicas.
Ah! Assim está correcto.

terça-feira, março 27, 2007

Casos de Sucesso Nacionais - XLVI - António Barreto


Portugal, Um retrato social

Um excelente programa, de uma série da autoria do notável sociólogo António Barreto, bem produzido pela RTP.
Se tivesse sido exibido à uma semana atrás, Salazar não teria ganho o concurso.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B3nio_Miguel_Morais_Barreto

segunda-feira, março 26, 2007

Cenas ... - XXXVI - Costa de "Santa Engrácia" Caparica

Costa de Caparica: Protecção Civil e INAG reiniciam obras reconstrução paredão.

http://noticias.sapo.pt/lusa/TfEHlDVgGNfXIanSqFTr2A.html

Ironias - CXI - O "Grande Português"


Segundo cerca de 90.000 portugueses, dos cerca de 220.000 que votaram no concurso da RTP.

Casos de Sucesso Nacionais - XLV - Râguebi

Selecção portuguesa recebida com euforia em Lisboa
A selecção portuguesa de râguebi, que sábado, em Montevideu, garantiu pela primeira vez a qualificação para um Mundial da modalidade, foi hoje recebida em festa no aeroporto de Lisboa por uma centena de adeptos.

quinta-feira, março 22, 2007

Cenas ... - XXXV - FULHEIRA



Processo de licenciatura
Há falhas no dossier de José Sócrates na Universidade Independente
22.03.2007 - 07h09 Ricardo Dias Felner

O dossier relativo à licenciatura de José Sócrates na Universidade Independente tem várias falhas. Há alguns documentos por assinar, ou sem data, timbre ou carimbo, tal como há elementos contraditórios, nomeadamente os relativos às notas atribuídas a José Sócrates.

O meu certificado está aqui!

Desafio o primeiro-ministro a mostrar o dele!

Ironias - CX - Ficções

Entrevista na RTP1
Valentim Loureiro diz que acusação do Apito Dourado tem “alguma ficção”
22.03.2007 - 22h53 Lusa

Valentim Loureiro disse hoje que vai ser julgado com base em “alguma ficção” e manifestou-se convicto de que será absolvido dos 26 crimes que lhe são imputados.
“Vou sair deste processo sem ser culpado de nada. Não vou ser condenado”, previu, numa entrevista ao programa Grande Entrevista, da RTP-1.
“Não aceito de forma nenhuma uma condenação”, acrescentou, referindo que o processo “está baseado em factos mas tem também alguma ficção”.

quarta-feira, março 21, 2007

Ironias - CIX - Ameaças

Belgas querem arrumar com Ronaldo.
Declarações inacreditáveis do guarda-redes stijnen.

É o reconhecimento internacional de um grande valor nacional!

terça-feira, março 20, 2007

Ironias - CVIII - "Quem está a tramar as Chefias?"

Os militares passearam.
O Governo mandou as chefias punir.
Os Tribunais suspenderam as punições.
Os chefes queixaram-se publicamente.
O Ministro mandou calar os chefes!

Quem tramou Roger Rabbit?

Cenas ... - XXXIV - "Normalidade Independente"

Luís Arouca expulso da Independente.
Providência suspende deliberações do reitor.

Rui Verde, afastado de vice-reitor e de administrador da SIDES em finais de Fevereiro pelo até agora reitor Luís Arouca, acaba de tomar conta das instalações da Independente."As aulas vão continuar com normalidade", garantiu ainda o novo homem-forte da UnI.

Casos de Sucesso Nacionais - XLIV - ASM

Aristides de Sousa Mendes
Diplomata e político português

Bem lembrado por Mestre Quim.

segunda-feira, março 19, 2007

Ironias - CVII - "Desconsulados"

Consulados: Manifestação em Paris excedeu expectativas.
Milhares de emigrantes portugueses em França manifestaram-se hoje em Paris contra o encerramento de quatro postos consulares naquele país, acreditando ainda ser possível convencer o governo português a alterar a sua decisão.

Malditos comunistas, estes emigrantes em França!

domingo, março 18, 2007

A Guerra Nunca Acaba - XII - EUA

Contra a guerra
Milhares de pessoas exigiram o fim da operação militar no Iraque

"Este Governo não representa o povo. Deu a este país uma imagem horrível, deu-nos uma guerra obscena, não tem capacidade de liderança e não tem credibilidade", comentou o actor Martin Sheen.

Não representa o povo? Então quem elegeu G. W. Bush por duas vezes consecutivas?
Desde Pearl Harbour que os EUA tomaram o gosto pela Economia de Guerra e nunca mais a vão largar!

sábado, março 17, 2007

Sinais - XXVI - Estado de Direito Quê?

Chefias militares não vão acatar decisões judiciais

As chefias militares não vão acatar as decisões dos Tribunais Civis sobre os militares castigados disciplinarmente com penas de detenção, que terão de cumprir a pena até ao final.

"… O grande dique contra a força desta agremiação (Forças Armadas) continua a ser a tradição da supremacia do poder civil, que predomina em países económica e socialmente muito avançados, com uma forte sociedade civil, ou seja, países com elevado nível de desenvolvimento político e um alto índice de desenvolvimento humano…"
Bessa, António Marques; Pinto, Jaime Nogueira - Introdução à Política II, O Poder, O Estado e a Classe Política, p. 208, Editorial VERBO, Lisboa, 2001.

Sinais - XXV - Toda a Verdade


ANS: chefias militares com visão e estilo «desactualizados»

A origem dos actuais problemas nas Forças Armadas reside numa «visão de gestão dos recursos humanos e um estilo de liderança desactualizados por parte das chefias militares», considerou hoje a Associação Nacional de Sargentos (ANS).

Parabéns à ANS por pela primeira vez abordar o problema pela raiz. É realmente aqui que reside o cerne da questão.

Sinais - XXIV - "Trends"


O fim da web 1.0
Sandra Gonçalves – Diário Digital

Um dia como outro qualquer, a navegar de forma intrépida pela web (muito por culpa da profissão), depois de esgotada a consulta pelos sites e portais favoritos, e chego à conclusão que a Internet já está a precisar de uma reestruturação, de um mega recycle bin . A rede está caótica. Pejada de páginas desactualizadas, mal concebidas, com conteúdos fracos e mau design. Em suma, a Internet, está anárquica…
…Possivelmente, e talvez me arrependa de dizer isto, defendo o regresso da censura, mas desta vez noutro contexto, ao do ciberespaço.

Enquanto jovens, os cidadãos são normalmente inconformados, querem modificar a sociedade de acordo com a sua nova visão do mundo e são contra qualquer tipo de censura. Quando esses mesmos cidadãos conseguem a mudança e se acomodam na nova sociedade ou adquirem alguma forma de poder, têm tendência para se tornarem conservadores e tentam “esmagar” todas as novas ideologias que ameacem o seu bem-estar ou poder.
As sociedades, as vontades e as opiniões, movem-se secularmente por ciclos e tendências - o que os anglo-saxónicos costumam apelidar de Trends.
Parece que estamos novamente no Trend da ditadura e da censura

sexta-feira, março 16, 2007

Ironias - CVI - Credibilidade

Em causa proposta do PSD para redução de impostos
José Sócrates diz que liderança de Marques Mendes não tem credibilidade
15.03.2007 - 22h18 Lusa

O secretário-geral do PS, José Sócrates, afirmou hoje que a liderança do PSD, de Marques Mendes, não tem credibilidade quando defende uma redução gradual dos impostos, contrapondo que o país tem de prosseguir a consolidação orçamental.

JS tem liderança. Mas acusar MM de falta de credibilidade?
JS em campanha eleitoral – “Garanto aos portugueses que não haverá aumento de impostos!”.
JS no Governo – “IVA aumenta de 19% para 21%”.

Realmente MM não tem credibilidade alguma.

quinta-feira, março 15, 2007

Sinais - XXIII - 11 a 1

É a 11ª suspensão por tribunais civis de detenções militares
Tribunal de Almada suspende detenção de um sargento
15.03.2007 - 18h46 Lusa

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada suspendeu hoje provisoriamente a detenção do Sargento-chefe Diamantino Gouveia, que ontem começou a cumprir uma pena de detenção de cinco dias. Esta é a 11ª suspensão por tribunais civis de detenções militares.
A Lei quando “nasce” é para todos, ou a Instituição Militar constitui um Estado à parte do Estado?

segunda-feira, março 12, 2007

Sinais - XXIII - Alerta Reprodutivo

Esperma europeu está a perder qualidade.

Estudo científico incluiu vários países.
Nos últimos 50 anos a qualidade dos espermatozóides europeus piorou a olhos vistos. As razões são as de sempre: tabaco, stress, obesidade, e claro, contaminação ambiental.

Ironias - CV - Relíquias

PRACE: Mais de 100 funcionários excedentários vão para os museus.

Serão muito antigos ou muito valiosos?

domingo, março 11, 2007

Sinais - XXII - Estado de Direito "Socrático"

"O Governo está a estudar a possibilidade de alterar o Regulamento de Disciplina Militar de forma a evitar que os tribunais civis interfiram na justiça militar."

É democrático!
E a seguir? Passam a vigorar apenas os Regulamentos Internos das Empresas, fazendo “tábua rasa” do Código do Trabalho e da Constituição?
E mais um bocadinho, acabe-se com o direito à greve – que isso só dá chatices para a governação!
A Bem da Nação!!!

A Guerra Nunca Acaba - XI - Atocha





quinta-feira, março 08, 2007

Ironias - CIII - Sacos Coloridos

Saco Azul
Contas paralelas são «normais», diz Felgueiras
Fátima Felgueiras, que começou esta terça-feira a ser ouvida no âmbito do processo do chamado saco azul, diz que é «normal» os partidos terem contas paralelas para as campanhas eleitorais…
Será isso possível neste país?

Casos de Sucesso Nacionais - XLIII - API

A API foi galardoada com o WAIPA Award in aftercare, como melhor agência de Promoção de Investimento, a nível mundial, na actividade do acompanhamento de clientes.
Sermos os melhores do mundo em qualquer coisa é sempre bom. Mas mesmo com este e outros sinais positivos, porque é que a nossa economia teima em não descolar dos últimos lugares no ranking da UE?

Efemérides - VI - Dia Internacional


A violência contra as mulheres é um cancro que devora o coração de qualquer sociedade, em qualquer parte do mundo. Em tempos de paz ou de guerra, as mulheres são submetidas a atrocidades simplesmente por serem mulheres. Milhões de mulheres são espancadas, violadas, atacadas, casadas contra a sua vontade, excisadas e assassinadas. Pelo menos uma em cada três mulheres, irá sofrer de um acto de violência, durante a sua vida. E nalgumas regiões a circunstância de o recém-nascido ser do sexo feminino é ainda motivo bastante para os pais o suprimirem, ou para o encerrarem em antros em que será subalimentado até, muitas vezes, acabar por morrer de fome…
…Neste contexto, o problema global da violência doméstica é um dos maiores flagelos que se vive no mundo, e Portugal não foge à regra. Aqui, como em qualquer outra parte, «atrás de portas fechadas e em segredo, as mulheres são sujeitas a violência por parte dos seus companheiros, estão demasiado envergonhadas e receosas para o denunciarem e quando o fazem, raras vezes são levadas a sério».
Excerto do Relatório da Campanha – Acabar com a Violência Sobre as Mulheres
http://www.amnistia-internacional.pt/dmdocuments/Relatorio_das_Mulheres.pdf


http://www.amnistia-internacional.pt

quarta-feira, março 07, 2007

Sinais - XXI - Justiça

Tribunal de Sintra mantém suspensão de punição a dez sargentos

…O tribunal "manteve provisoriamente a providência cautelar" interposta pela ANS, em Fevereiro, depois de, cumprindo o Código de Processo dos Tribunais Administrativos e Fiscais, terem sido ouvidos o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), Ministério da Defesa e os representantes dos dez sargentos…

Sinais - XX - Predadores

Quando o chefe da casa é o mais novo

Transformam a vida familiar num inferno. Habituadas a mandar e a ver todos os caprichos satisfeitos, acham-se impunes e maltratam os pais. São as crianças ditadoras.
Portugal e Espanha têm percursos semelhantes, que ajudam a explicar o fenómeno. Ambos são países que saíram de regimes ditatoriais, nos quais a educação era muito austera. Existe toda uma geração que foi reprimida pelos pais e jurou não fazer o mesmo quando tivesse filhos. E essas crianças começaram a nascer a partir de meados da década de 80…
…Uma criança ou adolescente tirano vive sob o princípio do “primeiro eu e depois eu”. Os pais são uma espécie de mal necessário, que muitas vezes se resume ao papel de Multibanco. Daí à passagem para a violência vai uma pequena distância…
…Os filhos que, por exemplo, agridem a mãe, a insultam ou ridicularizam publicamente são crianças que se habituaram a ganhar os braços-de-ferro familiares desde muito cedo. Os filhos ditadores não surgem aos 14 ou 16 anos: desde os dois ou três anos que sabem que têm todos os direitos e nenhuma obrigação. Infelizmente, muitos pais só decidem tomar uma atitude nessa altura. E já vão tarde…

segunda-feira, março 05, 2007

Sinais - XIX - Escola

Contra a violência escolar e a burocratização no sector

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, defendeu hoje mais autoridade para os professores, escolas e conselhos executivos para combater a violência escolar e alcançar um quadro legal mais flexível e menos burocrático.

Casos de Sucesso Nacionais - XLII - Naide

Naide Gomes revalida título

Naide Gomes revalidou, este sábado (03 de Março 07), o título de campeã europeia em salto em comprimento, registando também um novo recorde nacional e a melhor marca mundial do ano da modalidade, ao conseguir um salto de 6,89 metros.

sábado, março 03, 2007

FDS - Imagens do Século XXI - V - Contrastes III


Harare, Zimbabwé, Abril 2005 © Kristen ASHBURN
Contactpress images




Sinais - XVIII - 150.000

Trabalhadores saem à rua em protesto

O secretário-geral da CGTP considerou que a manifestação de ontem, em Lisboa, foi provavelmente "a maior de todos os tempos", reunindo entre 130 e 150 mil trabalhadores portugueses, que se mobilizaram para mostrar o descontentamento pelas actuais condições de vida e de trabalho. "Um grande protesto contra as políticas seguidas pelo Governo", sublinhou o líder da CGTP.


130 a 150.000 pessoas é muita gente na rua.

Serão 150.000 comunistas? Serão 150.000 pessoas mal intencionadas que não compreendem as magníficas intenções do governo?

O que serão?