quinta-feira, abril 10, 2008

Blasfémias!



Corrupção Autárquica em Gondomar
Negócio rende 3 milhões em 6 dias
Um terreno comprado por um milhão de euros a uma família falida e vendido seis dias depois por quatro milhões à STCP. Em síntese, foi assim feito o negócio da Quinta do Ambrósio, em Gondomar. O processo já está no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Porto e com despacho do Ministério Público.
A investigação da Polícia Judiciária propôs a acusação dos envolvidos: Valentim Loureiro, o seu filho Jorge, o vice--presidente da Câmara de Gondomar, José Luís Oliveira, o advogado Laureano Gonçalves e o presidente do conselho de administração da Metro do Porto, Oliveira Marques. Neste processo, o presidente da Câmara de Gondomar poderá ser acusado de branqueamento de capitais. Contra Oliveira Marques deverá recair o crime de gestão danosa, enquanto presidente da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto.
Correio da Manhã 10 Abril 2008
http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=EC7BD065-FE05-49DB-B98E-0073287D6ADE&channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009



3 comentários:

Kim disse...

Os temas aqui expostos são de tal forma fortes, que mereciam ser debatidos num programa de PRÒS e CONTRAS.
Sempre em cima do acontecimento.
Parabéns Rui!

BLOGADOR disse...

Assim vai o mundo Mestre Kim.
Obrigado.

O Bicho disse...

Não há dúvida, O NORTE É UMA NAÇÃO... outra Nação!