segunda-feira, julho 19, 2010

LÍNGUA "PROTUGUESA"

Prontus
Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um 'prontus'! Fica sempre bem.
Númaro
Também com a vertente 'númbaro'. Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso. Por mim, acho um bom númaro!
Pitaxio
Aperitivo da classe do 'mindoím'.
Aspergic
Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.
Alevantar
O acto de levantar com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!... alevantei-me e fui-me embora!'.
Amandar
O acto de atirar com força: 'O guarda-redes amandou a bola para bem longe'.
Assentar
O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento.
Capom
Tampa de motor de carros que quando se fecha faz POM!

Destrocar Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.
Disvorciada
Mulher que se diz por aí que se vai divorciar.
É assim...
Talvez a maior evolução da língua portuguesa. Termo que não quer dizer nada e não serve para nada. Deve ser colocado no início de qualquer frase. Muito utilizado por jornalistas e intelectuais.
Entropeçar
Tropeçar duas vezes seguidas.
Êros
Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses.
Falastes, dissestes...
Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex.: eu falei, tu falaste, ele falou, TU FALASTES...
Fracturação
O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial. Casa que não fractura... não predura.
Há-des / Há-dem
Verbo 'haver' na 2.ª pessoa do singular e na 3.ª pessoa do plural: "Eu hei-de cá vir"; "tu há-des cá vir...", ..., "eles há-dem cá vir"...! Ai há-dem, há-dem!
Não confundir com o Golfo de Adém: http://www.infopedia.pt/$golfo-de-adem
Inclusiver
Forma de expressar que percebemos de um assunto. E digo mais: eu inclusiver acho esta palavra muita gira. Também existe a variante 'Inclusivel'.

A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como 'bué' ou 'maning'. Ex.: Atão mô, tudo bem?
Nha
Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA. Para quê perder tempo, não é? Fica sempre bem dizer 'Nha Mãe' e é uma poupança extraordinária.
Parteleira
Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola.
Perssunal
O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex.: 'Sou perssunal de futebol'. Dica: deve ser articulada de forma rápida.
Prutugal
País ao lado da Espanha. Não é a Francia.
Quaise
Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais... Ainda não percebi muito bem o quer dizer, mas o problema deve ser meu.
Stander
Local de venda. A forma mais famosa é, sem dúvida, o 'stander' de automóveis. O 'stander' é um dos grandes clássicos do 'português da cromagem'...
Tipo
Juntamente com o 'É assim', faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo. É assim... tipo, tás a ver?

Foxes - Luz que sai de fontes de iluminação “Tipo” faróis.
Treuze
Palavras para quê? Todos nós conhecemos o númaro treuze.
Erário Público
Erário = Tesouro Público, logo, erário público = tesouro público público, ou tesouro público2 (elevado ao quadrado).
Texto que circula na Internet.

7 comentários:

Anónimo disse...

Seve disse....

E prontus, quersedizer....

Marota disse...

Ainda não tinha descoberto esta aperitivo! Muito boa postagem Ruca!

Marota disse...

Posso por um link deste post no meu Blog?

L.O.L. disse...

Estes termos são de uma cromice insustentável. Espero mesmo que nunca sejam adoptados pela nossa Língua. Gostei do post.

Nova Postagem Aqui

RS disse...

O termo correcto é: Erário nacional, o que significa; Tesouro público nacional.

Isa GT disse...

A Marota conseguiu trazer-me a um sítio onde ri até fartar :))))

Bjos

Artur Oliveira disse...

É caso para se dizer (desculpem a minha sinceridade); DASS DASS DASS...